Testemunha contou seis versões diferentes sobre desaparecimento de menina, diz polícia

O homem que disse à polícia que esteve com a menina Vitória Gabrielly, de 12 anos, desaparecida há uma semana em Araçariguama (SP), apresentou seis versões diferentes sobre o caso. A testemunha permaneceu durante toda esta quinta-feira (4) prestando esclarecimentos à Polícia Civil.

O rapaz chegou a apontar locais por onde a menina pode ter passado em Mairinque, cidade a 20 quilômetros de distância. Depois de sete dias de buscas, a polícia já ouviu mais de 50 depoimentos distribuídos em várias linhas de investigação, revela o G1.

A principal versão apresentada é de que Vitória Gabrielly tenha sido levada por engano a Mairinque na companhia de um casal. Diante das várias contradições nas versões contadas pela testemunha, que não teve a identidade divulgada, a polícia pediu a prisão temporária dele nesta sexta-feira (15).

“É melhor para as investigações ter um suspeito preso do que solto, assim eles devem direcionar melhor as buscas”, explica Acácio Leite, delegado titular da Delegacia de Investigações Gerais de Sorocaba, que participa do trabalho.

Um casal suspeito, que mora em Mairinque, foi ouvido pela polícia e liberado na noite desta quinta-feira. O carro deles foi apreendido, mas não houve vestígios que pudessem ligar os suspeitos ao desaparecimento. Para o advogado contratado pela família da garota, o caso ainda é tratado como desaparecimento.

De acordo com informações divulgadas pelo delegado seccional Marcelo Carriel, o homem trabalha como servente de pedreiro, disse ser usuário de drogas e revelou que esteve com a garota junto com um casal em um carro.

O delegado não deu detalhes sobre a investigação, sem explicar como a menina foi parar dentro do veículo, mas diz que a menina pode ter sido levada por engano. O homem, que não teve a identidade divulgada, afirmou à polícia que foi deixado em uma rua na volta para Mairinque, cidade onde mora, e que a menina seguiu com o casal no carro.

“É uma das versões. É a versão principal, que não se sustenta muito também”, afirma Carriel.

Além do homem, um casal também prestou esclarecimentos à polícia e teve o carro apreendido. O casal foi liberado na noite desta quinta-feira (14). A polícia fez buscas com o apoio de cães farejadores em Araçariguama. Entretanto, a família de Vitória Gabrielly não perde as esperanças de que a menina seja encontrada.

15/06/2018

(Visited 12 times, 1 visits today)